sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Perguntas e Respostas sobre Leilões

 
  1. O que significa Adjudicação e Remissão?
    Adjudicação: Para o Direito Civil é o ato judicial através do qual o credor recebe o bem penhorado como forma de pagamento de seu crédito. Importante salientar que só será cabível tal ato quando na praça ou leilão não houver nenhum licitante. Já para o Direito Administrativo é espécie de concessão, outorga ou atribuição para execução de obras públicas por meio de licitação, na forma de concorrência. Remissão: É o perdão da dívida. Se o credor perdoa a dívida, está extinto o crédito. No Direito Privado basta uma decisão do credor para perdoar a dívida. No Direito Tributário é um pouco diferente, uma vez que a remissão é possível apenas nos casos previstos em lei e, ainda assim, apenas se estiver presente alguma das circunstâncias do art. 172 do CTN
  2. Bom dia, Poderiam me tirar uma dúvida? Estou vendo um leilão no qual o condomínio é o exequente. Existe credor hipotecário e dívidas de iptu. Dívida iptu 21mil, credor 365 mil, condomínio 40 mil. O valor do arremate com certeza será inferior à soma das dívidas e não será suficiente para atender a todos. Gostaria de saber se a dívida de iptu e o condomínio têm prioridade no levantamento do valor da arrematação em relação ao credor hipotecário. Em relação ao condomínio tenho certeza que sim, mas não tenho dúvidas em relação ao iptu (art 130 CTN). Esta decisão pode depender do juizo ou de onde corre a ação? Civel, trabalhista e outros? Desde já grato.
    Veja bem, quem entrou com o processo foi o condomínio, portanto ela tem preferencia sobre o credito, quanto ao IPTU, você somente terá responsabilidade em pagar se estiver claro no edital que o arrematante é o responsável pelo pagamento do IPTU. O artigo 130 do CTN é bem claro quanto a isto.
  3. Estou interesado em um imovel no L.Judicial. No edital conta a frase: É preferencial o crédito exequente referente à cobrança de condomínio, sendo sub-rogado integralmente até o limite do valor da arrematação. O que ele significa ?
    Significa que o debito em atraso de taxa de condomínio tem a preferencia sobre o valor da arrematação.
  4. Qual o tempo para a desocupação do imóvel judicialmente?
    Não exite um tempo médio estipulado, depende da agilidade do advogado, do juiz e da secretaria . Mas, é possível conseguir deferimento de liminar judicial, o que possibilitaria a desocupação em aproximadamente 30 dias.
  5. Meu imóvel foi arrematado por conta de condominiais em atraso. O imóvel estava em inventário onde eu e os meus irmãos somos herdeiros, O imóvel foi arrematado por um valor superior a dívida. Como ficará a devolução da diferença?
    Ficará depositada na conta do juízo onde ocorreu a ação. O juiz poderá oficiar e solicitar reserva de eventuais valores remanescentes para pagamento de dívidas do espólio. Após pagos todos os débitos do imóvel , o remanescente ficará a disposição do juízo do inventário para a devida partilha.
  6. Imóvel com direito de usufruto pode ser penhorado?
    Não pode incidir a penhora sobre imóvel no qual a devedora reside e detém o usufruto de metade do bem. A decisão foi tomada pelos ministros da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, ao analisar um recurso em que o novo proprietário tentava receber aluguel da antiga dona, que tinha o direito a 50% do usufruto do imóvel. A votação foi unânime.
  7. Vocês atuam em todo o território nacional?
    Prestamos consultoria em todo o território nacional. Atuamos em Leilões apenas na região da Grande São Paulo.
  8. Se eu optar em adquirir um imóvel através de leilão e contrata-los para fazerem isto para mim o que vai me custar?
    Para se adquirir um imóveis em leilão é necessário analisar vários fatores antes para não se incorrer em armadilhas processuais e prejuízos futuros. O escritório é especializado no assunto e irá trabalhar para que você tenha a maior rentabilidade possível na aquisição do seu imóvel. Agende uma consulta com um dos nossos consultores de negocio.
  9. Tenho varias aplicações no mercado e a media de rendimento não ultrapassa a 1% ao més, um amigo disse-me que você arremataram um imóvel para ele que veio lhe render cerca de 40% liquido sobre o capital investido. Este meu amigo é muito idôneo e não me falaria mentira, então pergunto: Como isto é possível?
    Provavelmente arrematamos o imóvel para o seu amigo no leilão judicial, este nos propicia até 50% de ganho no capital investido, primeiro é que o imóvel ao ser levado a leilão já está com o seu preço de mercado defasado por uma serie de razões, segundo é que não sendo arrematado na primeira praça, na segunda praça o imóvel poderá ser levado a leilão por até 50% da sua avaliação.
  10. Se o imóvel estiver sendo levado a leilão seja pelo pagamento de IPTU ou Condomínio, tenho ainda que pagar algo?
    Tanto o IPTU quanto o Condomínio, você somente irá pagar algo se o valor arrecadado com o leilão não for suficiente para liquidar as dividas, neste caso, lhe caberá o pagamento da diferença.
  11. Havendo divida hipotecaria, recai sobre mim?
    Não recai sobre o arrematante dividas de hipoteca.
  12. Imóveis que estão indo a leilão por falta de pagamento do IPTU, neste caso, estou livre do pagamento dos IPTUs em atraso?
    Livre do pagamento do IPTU referente ao período cobrado no processo. verifique os demais períodos e postule judicialmente a aplicação do art. 130 do CTN.
  13. Arrematei um imóvel onde existe um invasor, pode ele comprovar usucapião ?
    Ver art. 1238 do Código Civil. Usucapião a pessoa terá que possuir o imóvel por 15 anos, sem interrupção . Somente se reduz para 10 anos se houver estabelecido no imóvel a sua moradia habitual ou realizado no imóvel obras e serviços de caráter produtivo.
  14. Existe risco em arrematar um imóvel em leilão de alienação fudiciária.
    Não existe riscos eminentes desde que você analise bem o processo que levou o imóvel a leilão e o edital.
  15. Tenho interesse em um imóvel a ser leiloado, porem está invadido a mais de dez anos por mais de setenta famílias, posso retirar as mesma caso arremate?
    Sim, o juiz expedirá um Mandado de Imissão na Posse do imóvel e se necessário, com apoio de força policial.
  16. Arrematei um imóvel em leilão judicial, Quando fui registrá-lo me informaram que na carta de arrematação deveria ter constado a baixa das penhoras. Ocorre que arrematei o imóvel no processo que tramita na 3ª Vara Cível, e existem penhoras em outra vara, O que fazer?
    Não precisa constar obrigatoriamente a baixa das penhoras na carta de arrematação, pois a lei não determina que conste essa baixa, razão pela qual pode ser registrada normalmente. Quanto às baixas das penhoras, basta peticionar em cada processo, informando sobre a arrematação do imóvel penhorado naqueles autos (juntar a Carta de Arrematação) e requerendo a expedição de ofício para o cartório de registro de imóveis determinando o imediato levantamento da penhora.
  17. Qual o tempo que o antigo proprietário tem para entrar com recurso para cancelá-lo o leilão ?
    Ocorrendo o leilão, o devedor tem o 5 (cinco) dias para opor Embargos à Arrematação. Mas se tiver alguma nulidade absoluta no processo, ele poderá ajuizar Ação Anulatória a qualquer tempo, pois a nulidade absoluta não se convalesce.
  18. O processo para que o antigo proprietário desocupe o imóvel é rápido? e qual o custo?
    Não existe problema algum em arrematar imóveis ocupados. Basta uma simples petição nos autos do processo onde ocorreu o leilão, requerendo a expedição do Mandado de Imissão na Posse, sem necessidade de ajuizar nova ação judicial para tanto. Quanto ao custo, é uma negociação que deverá fazer com o seu advogado.
  19. Tenho único imóvel próprio, onde resido com a família, e duas ações na justiça pode ser penhora e registrada em cartório?
    Não poderá ser penhorada para quitação de dívidas com terceiros. Nada ficará registrado na matrícula desse imóvel .
  20. Se o imóvel foi levado a leilão pela justiça, como pedir a emissão de posse? E se for extrajudicial?
    Se for judicial, nos próprios autos da execução, se for extrajudicial, terá que ajuizar uma nova ação para desocupar o imóvel.
  21. As despesas com IPTU, água e energia, ficarão esses encargos para o arrematante?
    As dívidas deverão constar no edital do leilão.
  22. Existe risco em arrematar um terreno num leilão EXTRAJUDICIAL?
    Se for instituição financeira, e constar no edital que o banco se responsabiliza pela devolução do valor da arrematação, corrigido, não haverá riscos para o arrematante.
  23. Meu imóvel está indo a leilão tenho preferência na arrematação?
    Não tem preferência alguma.
  24. Meu imóvel esta hipotecado por um banco, e foi a leilão por uma dívida de R$ 5.000,00 de um terceiro credor. O imóvel foi arrematado por 60.0000,00 mil. O imóvel hipotecado poderia ir a leilão?
    Sim. O valor da arrematação será utilizado para pagamento do credor hipotecário e do credor que ajuizou a ação . Não tendo outros débitos a serem pagos nos autos, o valor remanescente da arrematação deverá ser restituído ao devedor/executado, neste caso você.
  25. Eu arrematei um imóvel em leilão da vara do trabalho, o terreno possui 5 penhoras, como proceder a baixar destas penhoras ?
    É necessário peticionar em cada processo que determinou a penhora, informar sobre a arrematação do imóvel (juntar auto de arrematação) e requerer a expedição de ofício para o cartório, solicitando o imediato levantamento da penhora.
  26. Como saber, se o imóvel já participou de outro leilão? E como saber se é único patrimônio? Havendo embargos ou penhora sobre o imóvel de uma outra ação que não seja a mesma que eu estou arrematando, ocorrerá algum problema para mim depois de eu ter arrematado o imóvel?
    Basta verificar essa informação na matrícula do imóvel. O fato de ser o único patrimônio do devedor não impede a arrematação do imóvel, ainda mais se tratar de ação de cobrança de condomínio, IPTU ou de contrato de locação (fiança) ou bancário onde o devedor ofereceu o único imóvel como garantia/hipoteca. Não há problemas se houve outras penhoras sobre o imóvel, desde que o juízo que determinou cada penhora seja previamente informado sobre as datas dos leilões. Quando o imóvel está indo a leilão, dificilmente há embargos ou outros recursos pendentes. Se no edital for informado que existe alguma ação ou recurso em discussão, deve-se analisar cada processo para depois decidir se compensa arrematar o imóvel. Se arrematar o imóvel e o devedor opor embargos à arrematação, você poderá desistir da arrematação no prazo de 5 dias.
  27. O imóvel foi a leilão por causa da dívida de IPTU e condomínio e o imóvel está hipotecado junto a CEF. Como é que fica essa hipoteca?
    O arrematante não responderá por dívidas de hipotecas.
  28. Eu arrematei um imóvel e quero vendê-lo sem passar primeiro para o meu nome, posso fazê-lo?
    Não, é necessário que transfira primeiro para o seu nome.
  29. O art. 130 do CTN que diz que as dívidas de IPTU devem ser pagas com o produto da arrematação, com base nessa lei o arrematante pode pedir que o IPTU seja pago com o produto da arrematação, caso não esteja expressa e clara no edital? Em que momento posso fazer tal pedido ao juiz?
    Deve ser formulado após a arrematação por um advogado nos autos do processo onde ocorreu a praça.
  30. Arrematei um apto a 6 meses e o juiz da emissão de posse e nem a carta de arrematação. O que devo fazer?
    Peça ao seu advogado para despachar diretamente com o juiz, reiterando o pedido de emissão da Carta de Arrematação e Mandado de Imissão na Posse isto agilizará o processo.
  31. Em quanto tempo a carta de arrematação e a imissão na posse será fornecida, após julgados os embargos a arrematação?
    Carta de Arrematação e o Mandado de Imissão na Posse podem ser expedidos, sem necessidade de aguardar o julgamento dos embargos à arrematação, com fundamento no art. 694 c/c 739-A do CPC.
  32. Arrematando um imóvel da CEF, onde o ocupante é gaveteiro. Como posso tirá-lo do local?
    Ajuizando a imissão na posse, e pedindo a antecipação de tutela.
  33. Leilão de cessão de credito com garantia hipotecaria de imóvel, o que é?
    É arremate de um crédito e não do imóvel. o imóvel é apenas garantia real do crédito. Cuidado com esse tipo de crédito. Aconselho contratar advogado especialista para verificar a situação real desse crédito antes de arrematar.
  34. Eu sou investidor e pretendo iniciar neste mercado de leilões imobiliários, sei que os imóveis arrematados judicialmente são mais lucrativos, porem o risco me parece ser maior, inclusive no que tange a liberação da carta de arrematação quando o mutuário contra põem a arrematação. O que o senhor me diz a este respeito? Em quanto tempo em media recebo a carta de arrematação em todas as situações?
    Os riscos são quase nulos. Ao arrematar na justiça, o devedor tem o prazo de 5 dias para opor embargos à arrematação e desistir da arrematação e pegar seu dinheiro de volta corrigido. A liberação da carta de arrematação pode ser agilizada, devendo o advogado despachar diretamente com o juiz e acompanhar a ordem judicial junto à secretaria do juízo. Em geral e dependendo o trabalho do advogado, a carta de arrematação pode ser expedida entre 30 a 120 dias.
  35. Se meu imóvel for a leilão, posso arrematá-lo?
    Não, mas qualquer outra pessoa da família poderá arrematar e terá preferência em caso de igualdade de condições com outro licitante.
  36. Leilões da C.E.F são extra-judiciais?
    A CEF recupera primeiro o imóvel judicialmente e o coloca em leilão extrajudicial ou também pode ser de alienação fiduciária, onde o imóvel entra como garantia de uma dívida.
  37. Arrematei um apto em um leilão judicial, o imóvel possuí 6 penhoras. Sendo que o processo que gerou a execução a leilão foi o primeiro a penhorar o mesmo. Já retirei a carta de arrematação, registrei em cartório efetuei a baixa de 1 penhora e tomei imissão de posse. Esses outras penhoras é obrigatório o juiz conceder o meu pedido da baixa de penhora? Há risco de isso não acontecer? O imóvel pode ir a leilão novamente?
    Se todos os credores foram devidamente comunicados é só comunicar ao juiz e ele determina as baixas, caso contrario, os próprios credores podem pedir a nulidade do leilão. Conforme o art. 698 combinado com art.694, § 1º, VI, do CPC.
  38. Arrematei um apto em um leilão judicial por R$100.00000, onde quem levou o imóvel a leilão foi o próprio condomínio. A dívida de condomínio hoje está em R$120.000. Terei que arcar com a diferença, ou seja, os R$20.000,00?
    Sim, você deverá arcar com a diferença, exceto se tais dívidas não constarem do edital (ver detalhes)
  39. Arrematei um imóvel no leilão a quase um ano, o juiz despachou dizendo que os processo encontra-se suspenso, aguardando a decisão final do Agravo de Instrumento. Posso solicitar a desistência da arrematação ?
    Entendo que sim, mesmo o agravo de instrumento não sendo a mesma coisa que embargos à arrematação.
  40. Se eu arrematar um imóvel e existir hipoteca, como fica?
    A hipoteca é extinta com o registro da Carta de Arrematação, mesmo constando tal informação no edital, nos termos do art. 1499, VI, do Código Civil.
  41. Arrematei um imóvel e este veio a ser cancelado pelo próprio juizado, o dinheiro que depositei para o Juiz e para o leiloeiro me é devolvido?
    Claro que sim, Integralmente.
  42. Ao arrematar um imóvel e não havendo ninguém no local, posso mandar abrir e entrar?
    Estando vazio e o imóvel registrado em seu nome, sim, pode entrar sem necessidade de requerer a expedição do mandado de imissão na posse, você é legítimo proprietário do imóvel, conforme os termos do art. 1196 combinado com art. 1228, ambos do Código Civil.
  43. Estou interessado em arrematar um imóvel em um leilão judicial. O exeqüente é o próprio condomínio e a divida é de aproximadamente 50.000,00. Como irei arrematar no segundo leilão o valor do imóvel será aproximadamente 30.000,00. Terei de pagar a diferença?
    Sim, o arrematante poderá arcar com as despesas de condomínio em atraso, mesmo anteriores à arrematação, desde que expresso no edital.
  44. Meu imóvel foi leiloado pela caixa e agora o novo proprietário está me acionando na justiça cobrando o IPTU atrasado, isto é possível?
    É de responsabilidade do arrematante o pagamento do IPTU do imóvel, exceto se no edital estiver previsto que o valor será sub-rogado no valor da arrematação (art. 130 CTN).
  45. Se o mutuário tiver outras dividas e estas recaírem sobre o imóvel e eu vier a arrematá-lo, em que devo me preocupar?
    Em leilão basta verificar a existência de dívidas de condomínio e IPTU, que são dividas do imóvel e de responsabilidade do arrematante, as demais dividas são de responsabilidade do mutuário.
  46. Se o imóvel com dívida de condomínio no valor de 90.000,00, mais custas totalizar 100.000,00, e for arrematado por 90.000,00, na segunda praça, a diferença de 10.000,00 eu devo pagar?
    Sim. Sempre que houver remanescente de dívida de condomínio, o arrematante deverá arcar. Entendimento dos tribunais, mas que já possui uma exceção (ver detalhes).
  47. Cancelado o leilão após o arremate, em quanto tempo me é devolvido o dinheiro?
    Sendo judicial, peticione nos autos para restituir o valor corrigido pelos índices da justiça. Tempo da devolução dependerá do juiz e do cartório. Peça ao seu advogado para despachar diretamente com o juiz isto poderá agilizar o processo de devolução.

    Fonte:http://lucrarimoveis.net


76 comentários:

  1. Boa tarde!
    Após embargos à arrematação desisti de prosseguir na aquisição de um imovel que arrematei. Tenho que aguardar a manifestação do juiz para informar minha desistencia ou posso me manifestar no processo a qualquer tempo? Qual o prazo que tenho para desistir dessa arrematação? Vi algumas jurisprudencias a favor da devolução inclusive da comissão do leiloeiro, isso procede?

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde!
    Após embargos à arrematação desisti de prosseguir na aquisição de um imovel que arrematei. Tenho que aguardar a manifestação do juiz para informar minha desistencia ou posso me manifestar no processo a qualquer tempo? Qual o prazo que tenho para desistir dessa arrematação? Vi algumas jurisprudencias a favor da devolução inclusive da comissão do leiloeiro, isso procede?

    ResponderExcluir
  3. Existe um prazo apos os embargos a arrematação para que o arrematante manifeste sua desistencia? E o valor da comissao tb é devolvido?

    ResponderExcluir
  4. Existe um prazo apos os embargos a arrematação para que o arrematante manifeste sua desistencia? E o valor da comissao tb é devolvido?

    ResponderExcluir
  5. Quantos anos são necessários de atraso de IPTU para que a minha residência vá à leilão? Ou qual o valor que a dívida deve atingir para que seja leiloada a minha casa? (A casa custa 450 mil e já tem 15 mil em dívidas de IPTU, somando uns 8 anos de atraso)

    ResponderExcluir
  6. Imóvel financiado pela caixa, foi a leilao 2vezes por falta de pagamento da mensalidade, mas não foi arrematado por ninguem e agora esta alienado pela caixa. Qual e o direito do morador nesse caso? Pode negociar a divida? Ou refinanciar o imóvel no valor inicial? Quais os direitos ?

    ResponderExcluir
  7. Sim, o valor da comissão do leiloeiro é devolvido ao arrematante que eventualmente desistir do ato.

    ResponderExcluir
  8. tenho um imovel e atrasos no pagto, vieram me notificar sobre a execução da divida, mas eu nao estava em casa e nao fui notificada,
    liguei no cartorio e nao puderam me adiantar,
    qto tempo tenho? me disseram q se eu for notificada e nao pagar em 15 dias vai a leilao, se eu n for notificada pessoalmente ganho tempo p conseguir o q falta da divida , pois só tenho 50% do q devo,se for a leilão serei avisada? se for a leilao eu ainda tenho chance de negociar c os que tenho em dinheiro?

    ResponderExcluir
  9. MORO EM UM IMOVEL DE MINHAS IRMAS E TENHO USUFRUTO VITALICIO, O IMOVEL PODE SER LEILOADO POR FALTA DE PAGAMENTO DE CONDOMINIOS.

    ResponderExcluir
  10. Seria possível execução extrajudicial de débitos de condomínio com a possibilidade de levar o imóvel a leilão?

    ResponderExcluir
  11. apos o deferimento da arrematação o executado ainda pode pagar a divida e cancelar o leilão?

    ResponderExcluir
  12. apos o deferimento da arrematação, o executado pode fazer o pagamento da divida e cancelar a arrematação?

    ResponderExcluir
  13. Tenho uma divida de condominio e o imovel vai a leilão. Caso o valor conseguido com a venda do imóvel seja inferior à divida o condominio pode pedir que outro imóvel vá a leilão tambem?

    ResponderExcluir
  14. Caro Dr.
    Arrematei um imóvel em leilão, estou no aguardo da carta de arrematação, já passaram-se 30 dias e não vi o emabargos a arrematação. O Juiz deve fazer de oficio ou devo entrar com petição?
    (Cobranã de condominio / Barueri-SP)

    ResponderExcluir
  15. Remi a divida antes do leilão e mesmo assim o imóvel foi a hasta publica e e o arrematante esta entrando com imissão de posse!Como pode isso?

    ResponderExcluir
  16. Um imóvel com problemas contratuais pode ser vendido pela caixa diretamente. Nesse caso o imóvel esta ocupado por "gaveteiro" e as prestações continuam sendo pagas. O novo proprietário pode entrar na justiça sem ter feito a averbvação no registro de imóveis?

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde, o meu imóvel foi quitado e já recebi da CEF o termo de quitação de dívida, quando fui ao cartorio para registrar, apareceu um pedido de penhora para divida de condominio em 2002. Ao entrar em contato com a responsavel pelo condomínio ela me disse que eu sou a responsável e que eu deveria ter entrado com processo para que fosse dado baixa no processo. O processo está arquivado, isso é correto. Quanto tempo leva para desarquivar o processo e informar a nova situação para o cartório? eu não posso vender o imóvel com essa pendencia?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  18. SOBRE HIPOTECAS.
    EXISTINDO 4 HIPOTECAS NUMA MATRÍCULA, E SENDO O LEILÃO DA 3ª HIPOTECA, CASO EU VENHA A ARREMATAR FICO AINDA COM A DÍVIDA DA 1ª E DA 2ª?

    ResponderExcluir
  19. Comprei um imóvel, tirei a escritura tudo certinho, depois de 1 ano descobri que a ex proprietária do meu apartamento estava com uma ação conta a construtora CONRIO, para receber o dinheiro que já tinha pago no apartamento ,sendo que ela já tinha devolvido o mesmo, e agora meu apartamento foi para leilão e gostaria de saber se o resto do dinheiro volta para mim ou se fica bloqueado, a ex proprietária tem que receber 120,000,00 e o apartamento vale 400,000,00.

    ResponderExcluir
  20. Se um imovel for a leilao mas ninguem comprar, o que acontece com ele?

    ResponderExcluir
  21. meu ex marido comprou um apartamento pela cef e conder ele e funcionário publico,02 meses apois ter abandonado o apartamento me colocou na justiça pedindo que eu fosse desejada teve a audiencia e a juiza entendeu que eu não deveria sair e ele tinha que procurar a vara de familia para dividir,com isso tenho medo que ele cancele a compra e a caixa tome o apartamento isso e possivél já pagamos 01 ano.

    ResponderExcluir
  22. adiltonmaciel@hotmail.com2 de abril de 2013 10:30

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  23. Comprei um imóvel através de um leilão no fórum, ele foi leiloado devido à dividas de condomínio.
    Quando fui registrá-lo, havia uma pessoa que tinha usofruto do imóvel. Como posso resolver a situação, preciso registrá-lo para efetuar a venda.

    ResponderExcluir
  24. um imovel pode ir para o leilão se a pessoa não estiver morando na casa

    ResponderExcluir
  25. O que acontece com um imóvel que não é arrematado na 2ª (segunda) praça? Existe 3ª (terceira) praça? Neste caso o preço do imóvel pode ser ainda mais reduzido?
    Grata e aguardando retorno.
    Cris

    ResponderExcluir
  26. Tenho interesse num imóvel que soube que irá a leilão, mas só tenho o endereço e a inscrição municipal. Como descobrir em que praça (onde) ele será leiloado e quando?

    ResponderExcluir
  27. E como funciona se no caso o imóvel só estiver sendo leiloado 50%, pois o restante é de outro proprietário que não é parte na reclamação trabalhistal como será este arrematador (novo dono) e outro que já é dono de 50%.?

    ResponderExcluir
  28. Fiz uma adjudicação de um veículo em uma reclamação trabalhista, mas o juiz e a secretaria da vara do trabalho e o meu advogado, não teve a complacência em fazer uma pesquisa sobre a situação do bem adjudicado,pois bem o veículo esta alienado. Eu queria uma resposta plausível seu adjudicante posso devolver o bem novamente ao processo, no momento busquei satisfazer meu crédito trabalhista mas encontrei uma divida.

    ResponderExcluir
  29. boa noite gostaria de sabe si tem como recupea um imovel condo ele ja foi a leilão e parece que ja foi vendido

    ResponderExcluir
  30. por favor vi um edital em que estava escrito que o imóvel tem usufruto registrado na matrícula. Perguntei a um advogado e ele disse que alguém está morando no imóvel porque tem esse direito, sem apgar nada. Então seu euarrematar tenho que esperar a pessoa morrer?

    ResponderExcluir
  31. posso cancelar um Leilão que já aconteceu ? como faço para reaver o imovél?

    ResponderExcluir
  32. A caixa leiloou minha casa por causa de seis parcelas em atraso...nao me comunicou do leilao, pedi o embargo e paguei as 6 parcelas em juizo com os devidos juros...a pergunta e: posso ainda perder minha casa....

    ResponderExcluir
  33. imovel havido em herança vai a leilao por inteiro.
    os co-proprietários que nada tem a ver com a divida tem que receber sua parte levando em conta o valor da avaliaçao ou da arrematacao?

    obrigado,

    Sergio

    ResponderExcluir
  34. Por favor, comprei um terreno em 2002 fiz escritura e registrei, em 2009, descobri que ele estava sendo executado extrajudiacial pelo Bradesco dividas da esposa do do ex-proprietário que me vendeu ação de 1999, pois bem, acionei o advogado e ele entrou com embargo de terceiro e com recurso de unico bem de família,neste período o imóvel foi vendido em segunda praça e a compradora no leilão online já fez o pagamento, estou pagando já há 06 meses pro advogado e a unica noticia que ele deu até agora é que o juiz aceitos os embargos, e agora, será que eu vou perder o imovel que já está com um sobrado e já estou aqui ha 11 anos?

    ResponderExcluir
  35. Arrematei um imovel que estava em leilao e ja possuo a Certidão do imovel. Porém a CEF entrou no processo pedindo a baixa da penhora do imovel ( a CEF alega que o imovel foi adjudicado por ele..mas que nao obteve exito no registro da carta de adjudicaçao em decorrencia de equivoco no numero de matricula do auto lavrado. Minha duvida é: Quem tem a preferencia? eu que possou o imovel registrado, ou a CEF que adjudicou o imovel(possui o auto de adjudicaçao) mas que nao possui o registro do mesmo?( lembrando que ja estou pagando as parcelas do imovel).

    ResponderExcluir
  36. E eu moro ha 25 anos foi vendido em leilao por eu n ter condicoes de pagar eu posso recorrer e refinanciar pra o comprador receber o que investiu na compra pelo banco?

    ResponderExcluir
  37. Anonimo 29/08/13 moro ha 25 anos num imovel que foi pra o leilao por falta de condicoes de pagamento, e ja foi vendido a juiza disse que nao tem mais o que fazer pq eu esqueci que anos atraz assinei um documento onde dizia que ia pra leilao mas eu nao menti pra minha advogada claro, quando fui ao forum realmente era minha a assinatura mas fui realista eu nao menti e na hora eu disse que era minha, mas eu queria continuar aqui, tive meus filhos criei to sem trabalhar onde vou morar? Sera que tem como o comprador desistir pra eu refinanciar e ficar com o imovel? O usucapiao nao pode pq era financiado me ajudem quem posso procurar

    ResponderExcluir
  38. quais os itens que se deve analisar em um processo para que não seja anulado o leilão judicial

    ResponderExcluir
  39. Prezados Senhores,
    Adquiri em hasta pública em leilão promovido pela 12ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro, uma casa em 19/04/2010, relativo a débitos de IPTU. Obtive a carta de arrematação em 18/10/2010, e consequentemente fiz o registro do imóvel em 05/01/2011 no cartório do 8º Ofício de registros de imóveis no Rio de Janeiro.
    Acontece que esse mesmo imóvel foi leiloado pela 30ª Vara Cível do RJ em 21/10/2009 e o arrematante recebeu a carta da arrematação em 07/10/2010, mas não conseguiu registrar na minha frente por várias exigências do cartório.
    O advogado da outra parte, solicitou à 12ª Vara da Fazenda a nulidade da arrematação.
    Será que perderei esse imóvel?
    Quanto aos créditos preferenciais ou quirográficos?
    O meu leilão foi por não pagamento de IPTU.
    O outro foi de execução de título judicial.
    Eu gostaria de saber qual seria o resultado desse imbróglio.

    ResponderExcluir
  40. Arrematei um imóvel que está para alugar em uma imóbiliária, acredito q qdo sair a carta de arrematação, o imóvel estará desocupado. Mesmo assim devo pedir a imissão de posse e notificar o antigo proprietário e a imobiliária?

    ResponderExcluir
  41. Moro num imovel que esta com problemas de dividas na justica ,o proprietario nao da assistencia ,pago iptu qual o tempo que eu estando morando posso requerer algum direito,pois quem cuida sou .

    ResponderExcluir
  42. MINHA MÃE ARREMATOU EM 2007 UM IMÓVEL. APÓS A ESCRITURA LAVRADA, A MORADORA DO DITO IMÓVEL, QUE ERA ESPOSA DO FALECIDO PROPRIETÁRIO, CASAMENTO ESTE REALIZADO APÓS O FALECIDO TER 75 ANOS E O IMÓVEL JÁ ESTAR EM PROCESSO DE INVENTÁRIO DA SUA PRIMEIRA ESPOSA, ENTROU COM PEDIDO DE USO CAPIÃO. O MINISTÉRIO PUBLICO, RESOLVEU POR BEM, ACATAR O PEDIDO DO USO, MESMO SENDO INDEVIDO, E NÃO DÃO A POSSE DO REFERIDO IMÓVEL À MINHA MÃE. AS DECLARAÇÕES DA SRA QUE RESIDIA NO IMÓVEL, SÃO MENTIROSAS E CARACTERIZAM MÁ FÉ E MESMO ASSIM, COM TODAS AS PROVAS EVIDENTES, O PROCESSO JÁ SE DESENROLA POR QUASE 7 ANOS, PULANDO DE UM EMBARGO PARA OUTRO PREJUDICANDO NOSSA FAMÍLIA DESDE ENTÃO. EXISTE SOLUÇÃO PARA ESSE DESCASO? OS SRS JUIZES PARECEM NÃO LER AS PETIÇÕES E O PROCESSO ATÉ O FIM, E FICAM CITANDO PESSOAS ATÉ FALECIDAS. O QUE FAZER? PODEMOS ACIONAR O MINISTÉRIO PÚBLICO COM ALGUMA COISA NO SENTIDO DE PERDAS E DANOS? NEGLIGÊNCIA OU ALGO ASSIM? NOSSA INTENÇÃO NÃO SERIA ESSA E SIM TOMAR POSSE DO IMÓVEL, QUE ESTÁ CAINDO AOS PEDAÇOS.... COMO PROCEDER?

    ResponderExcluir
  43. arrematei um imóvel no leilão da justiça federal. havia uma divida de condomínio de 10.000,00 que não era mencionada no edital. tenho que quitar essa divida? é de minha responsabilidade??? grata

    ResponderExcluir
  44. Comprei a posse de um terreno cuja pessoa estava a 10 anos e atualmente estou a 3 anos, totalizando 13 anos, comecei a pgr o IPTU do mesmo e coloquei uma pessoa com contrato de comodato. Acontece que o primeiro proprietário havia vendido o terreno para uma pessoa que não fez a escritura do mesmo, apenas um contrato de gaveta, mesmo assim vendeu casinhas que disse que iria construir e não o fez, essa pessoas que adquiriram as casinhas entraram com uma ação, mas como o terreno não estava do nome do que vendeu ficou apenas no processo, qdo tomei posse veio várias intimações em meu nome que ganhei todas. Hoje recebi um ordem de sair em 30 dias pois o terreno foi a leilõ em 2011 e arrematado, tenho alguma chance de ganhar??? lembrando que não entrei com o processo de uso capeão e posso entrar agora???

    ResponderExcluir
  45. O que devo fazer , arrematei um apartamento e depois descobri que tinha saldo devedor elevado de condominio atrazado mais de 25 anos, devo colocar na justica para tentar amenizar o valor ou entrar em um acordo com o condominio ?

    ResponderExcluir
  46. arrematado um Bem imóvel em 2007, e o arrematante só teve ciência hoje (2013) da disponibilidade da carta de arrematação. Processo já foi arquivado. O que fazer para tero dinheiro de volta?

    ResponderExcluir
  47. posso arrematar um imóvel em 2ª praça por a 50% , d valor da avaliação.

    Abraços e no aguardo/Edson.

    ResponderExcluir
  48. Desejo saber se o bem do espolio levado a leilão, se o arrematante recebe o bem logo na emissão da Carta de Arrematação ou tem que esperar acabar o inventário?

    ResponderExcluir
  49. Meu imóvel esta no meu nome e no nome de minha irmã com usufruto vitalício para meu pai, o imóvel foi hipotecado pelo meu pai eu e minha irmã assinamos como terceiros garantidores ele pode ser leiloado nessas condições? Se o valor do leilão for inferior ao valor da dívida nós vamos ter que pagar o restante do débito?

    ResponderExcluir
  50. Existe diferença entre hasta pública (leilão) e alienação por iniciativa particular, referente ao arrematante?

    ResponderExcluir
  51. DEVIDO AS INFORMAÇÕES ABAIXO , QUAL O PRAZO PARA EU RECEBER O QUE ME DEVEM ?

    Expedição de Certidão

    Observação
    AUTO DE ARREMATAÇÃO ENTREGUE AO ARREMATANTE NESTA DATA

    05/12/2013
    14:13
    Juntada de Guias

    Observação
    VALOR INTEGRAL DA ARREMATAÇÃO

    03/12/2013
    11:54
    Decorrido Prazo do Réu

    Observação
    SEM EMBARGOS À ARREMATAÇÃO

    28/11/2013
    11:53
    Leilão ou Praça Realizado

    Observação
    POSITIVO

    28/11/2013

    ResponderExcluir
  52. perante as ultimas informações abaixo sobre o leilão em que tenho uma quantia em um processo para receber, quanto tempo falta para eu receber, ja que o bem foi leiloado e sem embargos a arrematação,

    Expedição de Certidão

    Observação
    AUTO DE ARREMATAÇÃO ENTREGUE AO ARREMATANTE NESTA DATA

    05/12/2013
    14:13
    Juntada de Guias

    Observação
    VALOR INTEGRAL DA ARREMATAÇÃO

    03/12/2013
    11:54
    Decorrido Prazo do Réu

    Observação
    SEM EMBARGOS À ARREMATAÇÃO

    28/11/2013
    11:53
    Leilão ou Praça Realizado

    Observação
    POSITIVO

    28/11/2013
    08:56
    Ofício Devolvido Entregue

    Observação

    ResponderExcluir
  53. o imóvel que comprei foi cedido à CEF pelo vendedor para saldar dívida hipotecária, há seis meses atrás, antes que eu conseguisse registrá-lo! Acredito que vá perder o imóvel! tenho como recomprá-lo junto à CEF? Existe uma probabilidade de data para o seu leilão? grato

    ResponderExcluir
  54. Estou interessado em arrematar um imóvel rural, onde existe uma família residindo há 35 anos (sem vínculo empregatício), além de um arrendatário. Caso eu arremate este imóvel, de quem é a responsabilidade com essas pessoas? Na imissão da posse o Juiz determina a desocupação? Quem indenizará a família, e se for o caso, o arrendatário?

    ResponderExcluir
  55. estou com uma ação de usucapião em andamento .também existe uma penhora com leilão agendado para daqui a dois dias e entrei com embargos de terceiro a três dias sem nenhuma manifestação do juiz ,a penhora e relacionada a uma divida trabalhista de uma empresa dona do imóvel que resido ,
    -onde posso pagar esta divida para cancelar o leilão ?

    ResponderExcluir
  56. Por favor me tirem uma dúvida... arrematei um imóvel em um leilão da justiça. A construtora entrou com um embargo. Até agora não recebi nenhum comunicado formalizando esse embargo. Soube através de amigos. Procurei me informar no orgão e me informaram que tenho que esperar o embargo ser juglado e só Deus sabe quando vai ser. Desta forma pergunto, o que eu devo fazer caso queira desistir do leilão? Posso fazer isso sem advogado? O que eu perco? A comissão do leiloeiro é devolvida ou eu perco? Obrigado

    ResponderExcluir
  57. Arrematei 50% de um apartamento em uma hasta publica, o apartamento está ocupado pelo proprietário dos outros 50% do imóvel, os 50% do imóvel que arrematei era do esposo da proprietária dos outros 50% devido a processos trabalhista.
    Irei conseguir habitar o imóvel?

    ResponderExcluir
  58. Moro em um imovel e 2000 m2, dentro desse imovel tem 2 casas, uma é a que eu resido, eu entrei com uso capiao em 2011 de uma area demarcada de 250 m2, so que os donos conseguiram levar todo imovel a leilão, se esse imovel for arrematado no leilão eut terei que sair ? ou vou esperar o meu uso capiao ser julgado ? sendo que o uso capiao no foi citado no processo de leilão

    ResponderExcluir
  59. MINHA CASA FOI PARA O HASTE PUBLICO, GOSTARIA DE SABER SE POSSO FICAR RESIDINDO NA CASA ATÉ O FINAL DO LEILÃO ?

    ResponderExcluir
  60. Perdi meu imóvel em um leilão por uma dívida de R$ 100.000,00 e o valor da arrematação foi R$ 900.000,00, sobre o valor que recebi de volta (R$800.000,00) devo IR?

    ResponderExcluir
  61. No caso de uma sentença de leilão, quando não teve lance do item em questão. como é feito o recebimento do valor da divida da parte beneficiada??
    caso o réu não tenho como efetuar o pagamento, o benificiário recebe o item que foi penhorado ??

    ResponderExcluir
  62. Adquiri 10/12 avos de um imóvel que esta com acao de dissolução de condominio por parte do antigo proprietário dos 10/12 avos contra osmproprietarios de 2/12avos.regisrei meus 10/12 avos e o juiz esta para enviar o imóvel a leilão.peticionei e provei se r a novamproprietaria do imóvel . Se o juiz insistir no leilao eu posso oferecer os 10/12 como forma de que eu já sou propprietaria e pagar os2/12 avos?????

    ResponderExcluir
  63. Bom dia, Dr por gentileza qual a diferença entre leiloar um bem imóvel e leiloar os direitos sobre um bem imóvel? Ex existe um leilao de um ap onde o exequente é o condominio mas o edital diz leilao dos direitos sobre o ap e cita a promimente compradora e os titulares do dominio, bem como 3 interessados.
    Fico no aguardo.
    Att
    JNR

    ResponderExcluir
  64. Arrematei um imóvel no leilão, e ainda estou esperando a carta de arrematação, nesse intervalo retirei uma matricula atualizada, e consta que o imóvel não pertence mais ao reclamado, o que devo fazer? cabe alguma indenização por algum erro da Justiça?

    ResponderExcluir
  65. Mora numa casa há 25 anos, durante esse tempo meu pai saiu de casa e deixou um debito que não podíamos pagar, por isso a casa foi a leilão, e foi arrematada. Há como reverter essa situação a nosso favor?

    ResponderExcluir
  66. Olá, moro num condominio aonde um apartamento foi leiloado, e os moradores só ficaram sabendo após o apartamento ter sido leiloado, é certo isso??? não teriam que avisar ou oferecer primeiro para os moradores do prédio???? meu endereço de e-mail:maga.zm@gmail.com aguardo respostas

    ResponderExcluir
  67. Olá no meu condominio foi leiloado um apartamento, os moradores só ficaram sabendo após o leilão, não deveriam avisar ou oferecer primeiro aos moradores antes de leiloarem??? aguardo

    ResponderExcluir
  68. Boa noite,

    Em um imóvel arrematado em um leilão judicial, existe a possibilidade de se conseguir a imissão de posse antes da expedição da carta de arrematação do mesmo ?

    ResponderExcluir
  69. Em um imóvel arrematado em um leilão extrajudicial, com um processo contra o banco, que se deve fazer?

    ResponderExcluir
  70. Boa noite....dúvida. Um juiz determinou o leilão de um imóvel. No edital diz que todos os ônus correrão por conta do arrematante. Tem uma Hipoteca de 60 milhões de cruzeiros. Isso....em cruzeiros. Gostaria de saber se isso pode dar algum problema futuro. Por gentileza me responda.

    ResponderExcluir
  71. Quanto se cobra de honorários nesses casos. Gostaria de saber o custo total, de advogado, impostos taxas etc.

    ResponderExcluir
  72. Adquiri um imóvel em leilão e preciso de um advogado especialista para imissão de posse ou reintegração de posse (sei lá). Entrarei em contato assim que sair a carta de arrematação. Muito obrigado!

    ResponderExcluir
  73. Caro Visitante,
    Na verdade, não podemos afirmar quanto tempo um processo irá tramitar até seu final. Costumeiramente, diz-se que um processo até seu julgamento em primeiro grau demora em torno de dois anos, mas existe uma variação enorme de Estado para Estado, ou melhor ainda, de Comarca (cidade) para Comarca. Sugiro que vc procure um advogado peça a ele uma previsão de tempo e custos. Em se tratando de Ação de Imissão na Posse, fale com seu advogado sobre um pedido de tutela antecipada, o que seria em tese a antecipação de seu direito de ocupar o imóvel imediatamente. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  74. A ação de imissão na posse tem fundamento nos artigos 1.204, 1.205 e 1.228 do CPC. As informações realmente esclarecem o que acontece nos fóruns.

    ResponderExcluir
  75. Eu descobri que o site do tribunal também tira várias dúvidas quanto aos leiloes. Acho que cada tribunal tem um FAQ para os interessados. http://www.tjsp.jus.br/Institucional/CanaisAtendimentoRelacionamento/DuvidasFrequentes/HastasPublicas.aspx

    ResponderExcluir
  76. Desejo arrematar um imóvel penhorado em leilão trabalhista, contudo, no processo existem embargos de terceiros informando que são os proprietários do imóvel e não o executado, ou seja, dizem que o imóvel foi comprado porém não registrado no Cartório de Registro de Imóveis. No caso de eu arrematá-lo terei algum risco de perder o imóvel ou perder o dinheiro? Só o fato da suposta venda não ter registro no CRI não garante meu arremate? Grato.

    ResponderExcluir