quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Novos medicamentos para hepatite C

Novos medicamentos para hepatite C chegam à rede pública em novembro

NATÁLIA CANCIAN
DE BRASÍLIA
20/10/2015 12h49

Parte da nova terapia para o tratamento de hepatite C, incorporada ao SUS neste ano, começará a ser entregue aos Estados no início de novembro, segundo o Ministério da Saúde.

O cronograma foi divulgado nesta terça-feira (20). Os primeiros remédios a chegarem às unidades especializadas de distribuição são o sofosbuvir e daclatasvir. A previsão é que eles atendam a 80% dos pacientes que farão uso do novo tratamento.

Após chegarem às secretarias de saúde dos Estados, os remédios devem ser distribuídos pelos gestores aos municípios, que repassarão os comprimidos aos pacientes. A previsão é isso ocorra até meados de novembro.

Um terceiro medicamento que faz parte da terapia, o simeprevir, deve ser distribuído em dezembro, informa a pasta.

Até então, os novos medicamentos estavam disponíveis apenas no exterior, a custos altos –em alguns casos, o fornecimento a um só paciente que recorria à Justiça para obter os remédios custava até US$ 250 mil.
sofosbuvir simeprevir e daclatasvir advogado liminar
A possibilidade de trazer os medicamentos ao Brasil já havia sido aprovada pela Anvisa no início deste ano. Em seguida, os remédios foram avaliados para que fossem incorporados à lista do SUS.

Cerca de 11 mil pessoas já foram cadastradas pelos serviços de saúde para receberem o novo tratamento –a estimativa é atingir 30 mil pessoas até o próximo ano, o equivalente às unidades recebidas para a nova terapia.

O valor investido na compra deve chegar a R$ 1 bilhão, diz o ministério. 

Ainda não foram incluidos os medicamentos ledispasvir, alfapoetina, e a combinação de ombitasvir, veruprevir, ritonavir e dasabuvir.

0 comentários:

Postar um comentário