segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Prostato Vesiculectomia Radical Robótica Assistida tem cobertura na Justiça

Prostato vesiculectomia radical robótica


Prostato Vesiculectomia Radical Robótica Assistida tem cobertura na Justiça

Um procedimento muito negado por planos de saúde e seguradoras é a cirurgia pelo método robótico, gerando a necessidade de se recorrer à Justiça para obtenção de ordem judicial liminar ou para o pedido de reembolso das despesas de internação, conforme o caso.

Embora não conste no rol da ANS, o procedimento é admitido com tranquilidade pela Justiça, porque expõe menos o paciente a riscos desnecessários como incontinência urinária, impotência etc., isso porque os pacientes têm direito de acesso a cirurgia por método robótico se indicado por médico de confiança do paciente, mesmo não exista centro de referência credenciado na rede da empresa.

O advogado Rodrigues de França, especialista em ações contra planos de saúde, afirma que há centenas de precedentes obrigando os planos de saúde a custear tratamentos mais modernos como a cirurgia pelo método robótico para tratamentos de vesículas seminais, próstata e outras necessidades.

Abaixo uma recente decisão judicial que garantiu tal direito a um paciente:

APELAÇÃO CÍVEL – PLANO DE SAÚDE – AÇÃO ORDINÁRIA – PEDIDO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS E MORAIS – Improcedência da ação em Primeiro Grau de Jurisdição – Recurso do autor – Livre escolha de médico e hospital para cirurgia "Prostato Vesiculectomia Radical Robótica Assistida"– Pedido de reembolso de honorários médicos e despesas de internação – Possibilidade de reembolso somente dos honorários médicos de internação de "até 1 vez a Tabela AMIL", por previsão contratual – Não comprovação do alegado dano moral – Sentença parcialmente reformada – Recurso parcialmente provido.

Em caso de dúvida, o agendamento de consulta pode ser realizado por meio do nosso número 11-2273-7299 ou pelo WhatsApp +55 11 97596-5859 para informações.






0 comentários:

Postar um comentário