terça-feira, 20 de março de 2018

Tratamentos devem ser custeados por planos

 
Lomitapida (Juxtapid) Atalureno (Translarna) Idursulfase (Elaprase) Eculizumab (Soliris) Galsulfase (Naglazyme) Inibidor de C1 Esterase (Cinryse) Elosulfase (Vimizim) Alfaglicosidase (Myozyme) Metreleptina (Myalept) Alfagalsidase (Replagal)

A judicialização da saúde

O que é judicialização da saúde?
É a tentativa de obter medicamentos, exames, cirurgias ou tratamentos, aos quais os pacientes não têm acesso pelo SUS ou pelos planos privados, por meio de ações judiciais.

Quando essa prática começou?
Na década de 1980, com a constitucionalização dos direitos sociais e as dificuldades do Estado em prover serviços. O envelhecimento da população e os cortes no orçamento da saúde contribuíram para o aumento dos casos.

O que dizem os governos?
- O volume de ações judiciais é crescente e tem causado desequilíbrio nas contas
- São gastos valores altos para beneficiar poucos pacientes
- Há distorções em algumas solicitações –em SP, por exemplo, já houve pedidos de lenços umedecidos e até remédio para cachorro.

O que dizem os pacientes?
- A Constituição garante o direito à saúde a todo brasileiro
- Pacientes pobres ou com doenças raras, cujo tratamento só está disponível no exterior, ficam desamparados
- SUS demora demais para incorporar tratamentos, e Anvisa, para analisar novos medicamento.

MedicamentoCusto anual estimado por pacientePara o que serve
Lomitapida (Juxtapid)R$ 1,4 milhãoHipercolesterolemia familiar homozigótica (colesterol grave)
Atalureno (Translarna)R$ 1,3 milhãoDistrofia muscular de Duchenne
Idursulfase (Elaprase)R$ 1,18 milhãoMucopolissacaridose tipo 2
Eculizumab (Soliris)R$ 1,16 milhãoSíndrome hemolítico - urêmica (SHU)
Galsulfase (Naglazyme)R$ 1,15 milhãoMucopolissacaridose tipo 6
Inibidor de C1 Esterase (Cinryse)R$ 1,1 milhãoAngioedema hereditário
Elosulfase (Vimizim)R$ 1 milhãoMucopolissacaridose tipo 4
Alfaglicosidase (Myozyme)R$ 940 milDoença de Pompe
Metreleptina (Myalept)R$ 560 milDiabetes e vários tipos de dislipidemias
Alfagalsidase (Replagal)R$ 240 milDoença de Fabry

Fonte: Ministério da Saúde

0 comentários:

Postar um comentário