sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Advogado farsa da megagravidez de pedagoga de Taubaté

MARÍLIA ROCHA
ENVIADA ESPECIAL A TAUBATÉ 


O advogado da pedagoga Maria Verônica Aparecida César Santos, 25, confirmou nesta sexta-feira em entrevista coletiva em Taubaté (140 km de SP) que ela não está grávida de quadrigêmeas. 

Enilson de Castro, que assumiu o caso hoje, não revelou o motivo da farsa, mas disse que sua cliente está muito abalada com a situação. Maria Verônica não compareceu à entrevista, mas o advogado disse que ela vai se apresentar à polícia na próxima semana. 

Nas últimas semanas, a pedagoga havia posado para fotos e aparecido em programas de TV como futura mãe de quatro bebês. O parto estava marcado para hoje, mas quando a data foi se aproximando ela parou de dar entrevistas. 

A suspeita sobre a megagravidez surgiu após médicos que a atenderam em agosto do ano passado mostrarem exames. Eles disseram que ela não estava grávida na ocasião. 

Até a revelação de hoje, o então advogado da mulher dizia que sua cliente estava grávida e em repouso por orientação médica. Ela não revelava o nome de seu médico alegando motivos pessoais. 


Jorge Araújo-7.jan.12/Folhapress
A professora Maria Verônica Vieira, 25, diz estar grávida de quadrigêmeos; polícia pede exame para confirmar
A pedagoga Maria Verônica Aparecida César Santos, 25, que dizia estar grávida de quadrigêmeas
INVESTIGAÇÃO
 
Um inquérito aberto pela Polícia Civil pode resultar na pedagoga sendo indiciada sob suspeita de falsidade ideológica e até estelionato. O resultado foi divulgado pela polícia caso ela não estivesse grávida. 

Segundo o delegado seccional de Taubaté, Ivahir Freitas Garcia Filho, a decisão de abrir um inquérito se baseou na "comoção pública" que o caso gerou. Dias atrás, a pedagoga disse que contava com a ajuda financeira de conhecidos para fazer as compras necessárias. 

Está marcado para a próxima semana um exame no IML (Instituto Médico Legal) para confirmar a gestação. Ela e o marido, Kleber Eduardo Vieira, 37, também devem prestar depoimento à polícia. Ele disse à TV Record que fez vasectomia depois do nascimento do primeiro filho do casal, de quatro anos. 

BLOG
 
A administradora de empresas Ana Paula Mückenberger Alves, 29, de Blumenau (SC), acusa Maria Verônica de ter mostrado o ultrassom de seu filho em uma reportagem na TV. 

A administradora diz que uma montagem com quatro imagens do feto estava num blog que mantém desde a gestação. Ela diz que vai processar a pedagoga na Justiça.


Mais informações.

0 comentários:

Postar um comentário