quarta-feira, 10 de agosto de 2011

SP: ações de despejo por falta de pagamento crescem 1%

SÃO PAULO – O número de ações de despejo por falta de pagamentodo aluguel  em São Paulo registrou aumento de 1% em julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com dados divulgados pela Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios).

No mês passado, ingressaram no Tribunal de Justiça de São Paulo 1.459 ações, contra as 1.444 verificadas em julho de 2010. Frente a junho deste ano, o crescimento foi de quase 27%, uma vez que foram contabilizadas 1.150 ações naquele mês.

De janeiro a julho, as ações de despejo por falta de pagamento somam 8.953 – uma queda de quase 11% frente ao mesmo período de 2010, quando 10.041 ações foram acionadas no TJ.

Consignatórias e renovatórias
No mês passado, o número de ações consignatórias – propostas quando há discordância de valores de alugueis ou encargos – cresceu 50% na comparação com o mesmo mês do ano passado e caiu cerca de 18% frente a junho.

Em julho, o TJ de São Paulo contabilizou 9 ações desse tipo, contra 11 registradas um mês antes e 6 verificadas no mesmo mês de 2010. No acumulado deste ano, o órgão registrou 110 ações consignatórias. No mesmo período do ano passado, eram 128 processos desse tipo.

Considerando as ações renovatórias – aquelas geradas pelo locatário para garantir sua permanência no imóvel –, foi registrado aumento de 2,47% entre julho de 2010 e o mesmo mês deste ano, ao passar de 81 ações para 83 registradas no mês passado.

Frente a junho, também houve forte aumento, de mais de 38%, pois naquele mês o TJ registrou 60 ações renovatórias. Neste ano, 521 processos desse tipo foram abertos no órgão de justiça, contra os 486 verificados entre janeiro e julho de 2010 – um crescimento de 7,2%.

10 de agosto de 2011 • 08h00 Por: Equipe InfoMoney

0 comentários:

Postar um comentário