sexta-feira, 29 de julho de 2011

Datena: Record vai à Justiça

Record vai à Justiça exigir de Datena duas indenizações milionárias

A direção da Record vive horas de expectativa na noite desta sexta-feira, após a coluna de Flávio Ricco no UOL informar que José Luiz Datena já decidiu romper contrato com a emissora e voltar para a Band --de onde, aliás, saiu 60 dias atrás.

Segundo apurou esta coluna, a emissora já decidiu que vai exigir o pagamento de R$ 15 milhões referente à primeira rescisão dele com a Record, em 2002. Também vai dar início a outro processo para o pagamento de indenização por esta nova rescisão. No total, os dois processos podem chegar a 25 milhões.

Pessoas próximas a Datena, que pedem sigilo de identidade, informaram ao F5 que o apresentador deixará a Record sem necessidade de pagar a multa de R$ 15 milhões, pela rescisão anterior dele com a Record, em 2002. Datena e Record, informam essas fontes, assinaram o perdão dessa dívida dias atrás, e o documento, garantem, não prevê a revalidação da dívida caso o jornalista deixe a TV cujo principal acionista é Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus.

Datena passou os últimos dias ameaçando a Record com a rescisão, caso a emissora continuasse a proibi-lo de dar entrevistas. Ele teria sido censurado pela direção da casa, por críticas à estrutura do "Cidade Alerta", e às condições com que foi recebido --como um camarim "adaptado", e não personalizado.

Para voltar à Band, ele também terá perdoada sua dívida por ter rescindido contrato com a TV 60 dias atrás. A Band também deverá ajudá-lo a pagar outro processo por rescisão, dessa vez contra a RedeTV!, estimado em R$ 5 milhões. 
 

Trata-se de mais um capítulo polêmico na carreira do jornalista e apresentador de 53 anos, nascido em Ribeirão Preto (interior de SP). 


29/07/2011 - 18h43
RICARDO FELTRIN
COLUNISTA E EDITOR DO F5

0 comentários:

Postar um comentário