sexta-feira, 4 de março de 2011

BC decreta a liquidação da Atrium

Com patrimônio negativo de R$ 39 milhões, BC decreta a liquidação da Atrium DTVM



Por: Anderson Figo
04/03/11 - 16h43
InfoMoney

SÃO PAULO - O Banco Central decretou nesta sexta-feira (4) a liquidação extrajudicial da Atrium Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, em decorrência de situação de insolvência e prática de atos de grave violação às normas legais.

De acordo com a autoridade nacional, a corretora apresentava patrimônio de referência negativo em R$ 39,115 milhões. Apesar da liquidação, o BC destacou que isso não representa riscos ao sistema financeiro nacional, visto que o tamanho da instituição era pequeno.

Em contato com a InfoMoney, a Atrium confirmou que já foi avisada pelo BC da decisão, mas que a liquidação ainda não foi publicada no Diário Oficial da União. Segundo a autoridade brasileira, também foi decretada a liquidação extrajudicial da Atrium Participações, Consultoria e Administração pela vinculação com a corretora.

O que fazer quando sua corretora quebra?

As corretoras são instituições com a função de intermediar operações financeiras entre os investidores e a Bolsa de Valores. Mas o que acontece  caso a corretora que o representa sofra um processo de falência ou perca a autorização para operar no mercado, dado que esta instituição é responsável, parcialmente, pelos títulos e pelo próprio dinheiro que o investidor destina ao mercado de capitais?

Para entender o que acontece em uma situação como essa, antes é importante lembrar que os títulos e valores mobiliários de um investidor estão em seu nome e são custodiados pela CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia) e, portanto, não se misturam ao patrimônio da corretora, mesmo que esta instituição o represente nas negociações e tenha acesso a seus investimentos.

0 comentários:

Postar um comentário