segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Polícia investiga afogamento

31/01/2011 - 20h49

Polícia investiga morte de menino sugado em piscina em SP

JULIANA COISSI
DE RIBEIRÃO PRETO
LUIZA PELLICANI

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DE RIBEIRÃO PRETO

A Polícia Civil de Taquaritinga (334 km de São Paulo) apura se havia irregularidades na piscina onde morreu afogado, na tarde deste domingo (30), um menino de cinco anos.O garoto foi sugado pela tubulação de uma das piscinas do Clube Náutico, em Taquaritinga, região de Ribeirão Preto. 

Segundo a polícia, João Paulo de Jesus Maria, filho de um policial militar, nadava em uma piscina que estava sendo esvaziada, quando foi sugado.  polícia quer saber como foi o processo de esvaziamento da piscina.

Foi preciso levantar uma tampa de concreto, localizada alguns metros de tubulação depois, para retirar o garoto. O pai e dois bombeiros, que estavam de folga, tentaram reanimar a criança, mas João Paulo morreu ainda no local.

O corpo do menino foi enterrado ontem às 17h. A direção do clube decretou luto ontem pela morte do menino e disse que abriu sindicância interna para apurar o caso. "Estamos chocados. O clube não vai se furtar de sua responsabilidade e dará total apoio à família", afirmou o diretor social do clube José Sérgio Dias. 

Segundo o advogado do Náutico, Luis Henrique Marchioni, associados afirmaram que não havia ninguém na piscina quando ela estava sendo esvaziada, "mas que houve um tumulto e aconteceu o acidente." A polícia, porém, também investiga relatos contrários vindos de outros banhistas, de que a criança estava nadando na piscina.

0 comentários:

Postar um comentário