sábado, 17 de julho de 2010

Brasileiros que moram no exterior podem ter direito a sacar o FGTS


SÃO PAULO - Brasileiros que moram no exterior e com recursos do FGTS  (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) disponíveis poderão sacar o benefício.


Para que isso aconteça, a CEF (Caixa Econômica Federal) e o Ministério das Relações Exteriores firmaram um Termo de Compromisso, que deve ser anunciado em Nagoia, no dia 1º de agosto, que é o Dia dos Brasileiros no Japão.


Os primeiros a testarem essa parceria serão os trabalhadores que moram no Japão. A partir do dia 2 de agosto, eles poderão solicitar, em caráter experimental, o saque do FGTS por meio dos Consulados-Gerais do Brasil no Japão.


Ainda devem ser definidos planos para o oferecimento desse serviço em outros países.


Benefício
 

Para retirar o benefício, o trabalhador deve estar enquadrado em uma das condições de habilitação de saque do FGTS e possuir a documentação correspondente ao seu caso.


Os trabalhadores que morarem no Japão devem preencher o formulário "Solicitação de Saque FGTS", disponível nos sites da CEF e do FGTS, e comparecer a um dos consulados localizados em Tóquio, Nagoia ou Hamamatsu, com o formulário e a documentação exigida. Nos sites também pode ser encontrada a lista de habilitados a sacar o benefício e os documentos necessários.


A documentação recebida será encaminhada para uma unidade da CEF, no Brasil, e o crédito será realizado em conta que o trabalhador tenha em um banco brasileiro. Caso não tenha conta no Brasil, o beneficiário poderá indicar uma pessoa de sua confiança.


Por: Equipe InfoMoney
16/07/10 - 17h32
InfoMoney 
 Busque mais informações

0 comentários:

Postar um comentário