sexta-feira, 9 de julho de 2010

Daslu entra com pedido de recuperação judicial

Daslu entra com pedido de recuperação judicial

Recuperação é uma forma de salvar a empresa, que vive crise desde 2005. Segundo a Daslu, as lojas continuarão a funcionar normalmente.

Do G1, em São Paulo
Daslu A Villa Daslu, em São Paulo (Foto: AFP)

A butique de luxo paulistana Daslu entrou nesta quinta-feira (8) com pedido de recuperação judicial na Vara de Recuperações Judiciais da capital. A recuperação é uma forma de salvar a empresa, que vive uma crise desde 2005.

“Trata-se de um processo planejado de reestruturação para equacionar e solucionar os problemas que a Daslu tem enfrentado desde 2005. Isto porque o mecanismo legal permite que a companhia, de uma forma organizada e com o apoio dos credores, possa readequar seus compromissos”, diz a empresa em nota.
A recuperação judicial permite que a empresa renegocie, em juízo, as dívidas que possui, sem precisar interromper as atividades. Segundo a Daslu, as lojas continuarão a funcionar normalmente durante o período de recuperação.

“Essa solução também permitirá que sejam assegurados os empregos e salários de mais de 500 colaboradores, além de manter a renda de nada menos do que 10 mil famílias envolvidas direta e indiretamente no projeto Daslu”, diz a companhia.

Em março de 2009, a dona da Daslu, Eliana Tranchesi, foi presa por crimes como descaminho, quadrilha e falsidade ideológica, como resultado da operação Narciso.

0 comentários:

Postar um comentário